was successfully added to your cart.

Como escolher um bom café

By 27 de outubro de 2015 Preparo

Entender o que quer dizer os selos e certificações impressos nas embalagens de café é um ótimo ponto de partida para a deliciosa tarefa de escolher o produto a ser adquirido. Contudo, ficando atento a algumas outras informações bem simples você aumentará ainda mais suas chances de ficar frente à frente com uma inesquecível xícara de café!

1-      Café 100% arábica: existem duas espécies de café: arábica e robusta. O robusta é um café que gera uma bebida mais rústica, com até 2,5% de cafeina, o que faz com que seu amargor seja bem pronunciado, muitas vezes mascarando seu perfil de notas sensoriais. Já o café arábica possui cerca de 1% de cafeína, resultando em uma bebida mais suave e delicada, permitindo a perfeita percepção de seus aromas e sabores. Por esse motivo, considera-se que para que um café seja considerado de alta qualidade é preciso que seja composto exclusivamente de grãos arábica. Contudo acredito ser este um fator controverso, pois, na minha opinião o verdadeiro diferencial dentro do processo produtivo do café é o produtor. Um cafezal composto apenas de arbustos de café arábica pode resultar em cafés de baixíssima qualidade se não for cultivada e manejada da maneira adequada. Da mesma forma, uma plantação de café robusta cuidada e manejada da maneira correta pode resultar em cafés de excelente qualidade, como vem acontecendo com algumas fazendas produtoras de robusta no estado do Espírito Santo.

2-      Qualidade da embalagem: para melhor conservação do aroma e sabor do café, bem como para evitar sua oxidação, sua embalagem deve ter revestimento interno de alumínio, evitando a passagem de luz e a danificação do pacote.

3-      Embalagem valvulada: esta válvula permite o fluxo de ar apenas do interior da embalagem para o meio externo. Isto faz com que o aroma e sabor do café sejam conservados por mais tempo além de impedir a contaminação dos grãos com aromas do ambiente.

4-      Produtor: a indicação da Fazendo e do Produtor do café na embalagem é sinal de que este produto recebeu os melhores cuidados desde a fazendo até chegar em suas mãos. É sinal de que os responsáveis por sua produção orgulham-se do resultado de seus trabalhos e fazem questão de colocarem seus nomes nele.

5-      Tamanho da embalagem: prefira adquirir porções menores, assim você terá café fresco e saboroso durante todo o consumo do conteúdo da embalagem.

6-      Data de fabricação/validade: Embora a legislação brasileira permita que a validade máxima do café seja de até 1 ano, deixando a cargo de cada torrefadora a determinação do prazo mais adequado, através de testes de prova percebeu-se que um café de qualidade mantém a totalidade de suas características positivas apenas durante 1 mês após a torra. Após esse período a qualidade do café começa a decair e ele perde em intensidade de aroma e sabor, podendo ainda sofrer oxidação e outras deteriorações pelo mau armazenamento.

Seguindo essas dicas você com certeza irá realizar uma excelente compra e, preparando-o corretamente, terá às mãos uma maravilhosa xícara de café!

Ainda ficou com alguma dúvida? Envie-nos um email e teremos o maior prazer em ajudar!